ÔNIBUS PARA PIRES DO RIO

Empresas de ônibus que atuam em Pires do Rio

Viação Estrela

Viação Estrela

Localização

Pires do Rio é um município brasileiro do estado de Goiás. Sua população 2014 era de 30 469 habitantes, conforme estimativa do IBGE. O município está inscrito na região do maciço goiano, caracterizado pelo domínio das chapadas e serras. E, ainda, o município de Pires do Rio ocupa uma área de 1.076 km

Sobre Pires do Rio

Pires do Rio tem suas peculiaridades até quanto à sua fundação. Existe uma polêmica quanto à pessoa do fundador do município. Alguns pensam que é o engenheiro Balduíno Ernesto de Almeida, outros, o coronel Lino Teixeira de Sampaio. O motivo da discórdia é um obelisco situado, hoje, na Praça do Mercado Municipal que diz que o eng. Balduíno fundou o município em 9 de novembro de 1922. Quem o apóia diz que ele idealizou a instalação de uma Estação Ferroviária do outro lado do Rio Corumbá, pois a construção da Ponte Epitácio Pessoa deu possibilidade para que a ferrovia continuasse seu trajeto. No dia da fundação, a já citada ponte e a Estação Ferroviária de Pires do Rio foram inauguradas. No mesmo dia, o eng. Balduíno falou em seu discurso que: Está fundada pois a cidade de Pires do Rio. O nome, primeiro da estação e depois do arraial, é uma homenagem ao então ministro da Aviação, José Pires do Rio. Ele esteve em Goiás no dia 25 de agosto de 1921 para inspecionar as obras de construção da Ponte Epitácio Pessoa.

Ainda segundo a corrente da cidade que defende o eng. Balduíno, o povoado que começou a surgir em torno da estação foi projetado por Álvaro Sérgio Pacca, desenhista chefe da Estrada de Ferro Goiás, a quem o eng. Balduíno teria dito que ele veria o que seria a cidade dali 20 anos. A outra linha que existe em Pires do Rio defende que o cel. Lino é o verdadeiro fundador do município. Os mesmos afirmam que a estação ferroviária está localizada onde eram as terras de propriedade do coronel. Ele era de uma tradicional família de Santa Cruz, fazendeiro e político. Na região, era reconhecido como um homem simpático e de vasto currículo de amizades. Além disso, era extremamente bem informado, já que era assinante do jornal O Estado de S. Paulo. Os que o apóiam como fundador dizem que o cel. Lino teve a perspicácia de enxergar o quão importante a presença dos trilhos em sua propriedade. A doação do terreno foi feita sob a condição de que ele fosse dividido em pequenos lotes para a edificação de uma pequena cidade. O dinheiro do arrendamento dos lotes deveria ser utilizado para que a infra-estrutura da cidade fosse incrementada e que se construíssem um grupo escolar. Esse fato é único na história de Goiás e quiçá do Brasil. Quem acredita que o cel. Lino é o fundador afirma que o eng. Balduíno mandou que seus funcionários erguessem, sem nenhuma ata ou ato oficial, o obelisco. Além disso, dizem que a planta feita pela Estrada de Ferro não foi executada. O cel. Lino haveria solicitado ao topógrafo da Estrada de Ferro, Moacir de Camargo, outra planta que melhor se adaptasse à topografia local. Pires do Rio ficaria sendo então a primeira cidade do Centro-Oeste a nascer com planejamento prévio, antes de Goiânia ou Brasília.

Turismo

A Velha Usina do Salto construída em 1930, local para camping, caiaquismo e descida de bote.

Cachoeira do Maratá com 70 metros de queda livre, convidativa á prática do rapel, camping e banhos de hidromassagem.

Country Clube de Pires do Rio

Jardim Botânico da Mata Teixeira.

Museu Ferroviário.

Ponte Epitácio Pessoa inaugurada em 1922, com placas metálicas importadas da Bélgica.

Rios: Corumbá, Piracanjuba e Rio do Peixe